Informativos

Ginástica no trabalho

Ginástica no trabalho combate estresse

 
No final de um dia de trabalho nosso corpo fica moído, não é mesmo? Várias horas sentadas na frente de um computador aliado aos momentos de tensão que passamos durante o dia podem comprometer a boa postura, a circulação sangüínea e até a produtividade no trabalho. Os especialistas recomendam que a cada duas horas sejam realizados alguns movimentos, como levantar da cadeira e se espreguiçar, mexer lentamente o pescoço de um lado para o outro, balançar os braços e abrir e fechar as mãos. Esses exercícios tornaram-se tão fundamentais para melhorar a produtividade do trabalhador, que várias empresas já adotaram a chamada Ginástica Laboral para seus funcionários durante o expediente.
 
São inúmeros os benefícios que ela traz. A ginástica laboral combate o estresse, a depressão e a ansiedade, proporcionando equilíbrio emocional para se enfrentar os desafios profissionais. Também reduz a sensação de fadiga ao final da jornada e ainda melhora a auto-estima e a auto-imagem, motivando o trabalhador para novas rotinas.
Alguns exercícios que podem ser feitos durante o trabalho:
Para quem fica horas a fio sentada ou parada ou mesmo em pé, seguem algumas dicas de exercícios leves e muito fáceis de fazer:
- Movimentos como elevação do ombro, sua projeção para frente e para trás ajudam. Para o pescoço, flexione-o para frente e para trás, também de um lado para o outro e por fim um grande movimento circular da cabeça (circundução).
- Para o tronco, espreguice-se (flexão para trás), dobre-se (flexão para frente) e incline-se flexionando lateralmente. Faça os movimentos lentamente.
- Em relação às pernas, utilize as escadas sempre que se locomover por alguns andares, promovendo uma melhor circulação. Além dos benefícios cardiovasculares, promovidos até mesmo em pequenas distâncias, você estará aumentando seu gasto calórico, importante fator na manutenção da saúde.
- Para funções específicas há exercícios específicos. Se você trabalha ou passa muito tempo diante de um computador, por exemplo, deve realizar uma pausa periódica para olhar e focalizar objetos distantes, aliviando a visão. Também deve realizar exercícios de alongamento para as mãos e antebraços, evitando sobrecarga por digitação ou utilização do mouse.
- Estenda o braço à frente, deixando a mão relaxada e caída para baixo. Com a outra mão, puxe levemente os dedos para baixo na direção do seu quadril, com as costas da mão voltadas para a tela do computador, por 20 a 30 segundos, para alongar a musculatura posterior de seu antebraço.
- Puxe a mão relaxada agora para cima, em direção à sua cabeça e com a palma da mão voltada para a tela do computador, para alongar a musculatura anterior da mão e antebraço. Repita os mesmos exercícios com o outro braço.
 
Voltar